Ex-lutador do UFC Igor Severino suspenso 9 meses após morder o adversário


Igor Severino está suspenso por nove meses após ter sido desclassificado por morder o adversário André Lima em março, o que o motivou a ser dispensado do UFC.

Além da suspensão, Severino deverá pagar multa de R$ 2 mil, que será sacada de sua bolsa de luta que foi retida após o evento. Ele também terá que pagar US$ 471,12 em honorários de acusação.

O restante de sua bolsa de luta será devolvido a ele após a retirada das taxas.

A Comissão Atlética do Estado de Nevada proferiu a punição durante uma reunião mensal na terça-feira, um mês depois que um acordo de julgamento prévio foi negado, quando Severino deveria cumprir uma suspensão de apenas seis meses.

Na época, o presidente da Comissão Atlética do Estado de Nevada, Anthony Marnell, argumentou que a punição não era dura o suficiente porque uma suspensão de seis meses abre um precedente, o que significa que outra luta poderia morder um oponente sob a suposição de que a penalidade não seria tão severa. .

No final das contas, a comissão voltou com suspensão de nove meses, retroativa à data da luta, 23 de março. Isso significa que Severino poderá ser liberado para competir após 23 de dezembro.

Severino recebeu uma suspensão temporária após o primeiro incidente, então ele obviamente não compete desde aquela fatídica noite de março. Como resultado de suas ações, Severino foi imediatamente retirado do elenco do UFC.

Agora ele terá que esperar pelo menos dezembro para marcar outra luta, enquanto Severino tenta ressuscitar sua carreira após o momento difícil em sua estreia no UFC.



Fonte: mma fighting