Israel Adesanya faz previsão para luta principal do UFC 303 entre Alex Pereria e Jiri Prochazka


Israel Adesanya está escolhendo seu adversário de longa data para ficar aquém na luta principal do UFC 303.

Alex Pereira defenderá o título dos meio-pesados ​​​​em revanche no evento principal contra o ex-campeão Jiri Prochazka neste sábado, na T-Mobile Arena, em Las Vegas. Adesanya enfrentou Pereira várias vezes ao longo dos anos, tanto no kickboxing quanto no MMA – com as duas lutas mais recentes acontecendo no UFC, com cada homem conseguindo uma vitória por nocaute.

Em seu canal no YouTube, Adesanya vai com novo campeão no sábado.

“Vou Jiri, porque somos os poucos escolhidos”, previu Adesnaya. “Mas também acho que ele pode ter aprendido com seu erro, porque as pessoas não entendem, e isso também torna as coisas interessantes – se [Jiri beats Alex] então é uma trifeta, uma trilogia, sim.

“E eu não serei o único cara a nocautear esse cara. … Eu vou para Jiri, e vou para o terceiro ou quarto round.

Pereira derrotou Prochazka no primeiro round da luta principal do UFC 295 em novembro passado, no Madison Square Garden, para conquistar o título vago até 205 libras.

Os dois competiram no UFC 300 em abril, com Pereira nocauteando Jamahal Hill na luta principal, e Prochazka derrotou Aleksandar Rakic ​​no card preliminar. A revanche acontece com pouco mais de duas semanas de antecedência, já que a luta substitui a luta originalmente agendada entre Conor McGregor e Michael Chandler após a lesão de McGregor.

Adesnaya acha que a natureza do curto prazo e o fato de eles terem competido um contra o outro sete meses antes tornam essa luta ainda mais fascinante.

“A abordagem dos dois lutadores será diferente porque ambos sabem o que pode acontecer – Alex sabe que pode ser derrubado e controlado, e Jiri sabe que pode ser nocauteado. Mas também Alex sabe que pode ser tocado e machucado por Jiri. … [It will be a] mais calculado [fight], mais lento, porque também estão tomando isso em cima da hora. Ambos estão relativamente em boa forma, mas, novamente, em forma de cinco rounds, é esse. Eu sei que é em cima da hora, mas cinco rounds, isso é uma loucura.

“Alguém vai morrer – essa será a mentalidade, ou ele acaba comigo ou eu acabo com ele. Essa é a mentalidade que você tem que ter se for fazer uma luta de última hora, cinco rounds. Porque aguentar cinco rounds, se você não estiver em forma, é um momento ruim. Ruim como o inferno. Então você tem que ir lá e pensar: ou ele morre ou eu morro.



Fonte: mma fighting