Jake Paul lutará contra Mike Perry no encontro original com Mike Tyson


Jake Paul não vai esperar até 15 de novembro para voltar ao ringue de boxe. Paul decidiu manter a data marcada para o confronto de grande sucesso com o lendário peso pesado Mike Tyson e, em vez disso, enfrentará o lutador de artes marciais mistas e o “Platinum” Mike Perry do Bare Knuckle Fighting Championship em uma luta de oito assaltos no peso cruzador na Amalie Arena em Tampa. , Flórida.

Paul estava originalmente programado para enfrentar Tyson no AT&T Stadium em Arlington, Texas, em 20 de julho, em um evento a ser transmitido ao vivo pela Netflix. Tyson, 57, foi forçado a abandonar a luta por problemas médicos, e a luta foi remarcada para 15 de novembro.

Em vez de esperar pela nova data, Paul (9-1, 6 KOs) decidiu não desperdiçar um campo de treinamento e se manterá ocupado enfrentando o invicto lutador do BKFC no evento denominado “Fear No Man”, que estará disponível via DAZN Pay Per View.

“Quando Paul x Tyson foi remarcado, eu soube imediatamente que ainda queria lutar no sábado, 20 de julho. Agora, enquanto me preparo para minha luta contra Iron Mike, não há adversário melhor para mim do que Mike Perry”, disse Paul em uma declaração à ESPN. “Ele é um nocauteador comprovado que se mostrou um maníaco dentro e fora do ringue. Esta é a experiência perfeita para eu ganhar antes de enfrentar Mike Tyson. Eu corro riscos e embora ‘Platinum’ Perry possa tentar acabar comigo, eu sou Titanium Jake Paul e não tenho medo de ninguém.

“Vou pegar o W e dar a todos uma prévia do que estou trazendo para o ringue contra Mike Tyson. Sintonize o DAZN PPV enquanto eu retorno a Tampa e mando ‘Platinum’ Perry, o Ornitorrinco, de volta aos dedos nus para bom.”

Perry (5-0, 3 KOs BKFC) passou sete anos competindo no MMA e estreou no UFC em 2016. Ele tinha um recorde no UFC de 7-8 antes de deixar a promoção para assinar com o BKFC em 2021. O pivô para os nós dos dedos nus a luta fez com que Perry, 32, se tornasse a maior estrela da promoção, com vitórias sobre ex-campeões do UFC Luke Rockhold e Eddie Alvarez. Sua vitória sobre este último lhe rendeu o simbólico campeonato “Rei da Violência”.

“Jake Paul afirma que não teme ninguém, mas no sábado, 20 de julho, o mundo verá a verdade: ele cometeu o pior erro de sua vida ao tentar passar por mim antes de Iron Mike”, disse Perry. “Vou fazer com que pareça fácil no sábado, 20 de julho, e vou ensinar a Jake Paul o máximo que ele já aprendeu sobre luta.”

Também programada para competir está Amanda Serrano, cuja tão esperada revanche com Katie Taylor também foi adiada para 15 de novembro. Serrano (46-2-1, 30 KOs) enfrentará Stevie Morgan (14-1, 13 KOs) em um 10 Luta de meio-médio júnior que servirá como co-luta principal. Serrano, 35 anos, está fora de ação desde outubro de 2023 e, assim como Paul, optou por se manter ocupado em vez de esperar para competir em novembro.

“Já estou me preparando para a luta de sábado, dia 20 de julho, e embora agora deva esperar um pouco mais pela revanche contra Katie Taylor, esta é uma oportunidade para eu enfrentar outro boxeador durão, Stevie Morgan, em Tampa”, disse Serrano. “Meu oponente tem 13 KOs, mais do que quase todas as outras boxeadoras ativas, mas não temo nenhuma mulher – eu abraço a guerra. Estou ansioso para ver todos os meus fãs porto-riquenhos em Tampa para minha 50ª luta profissional para mostrar ao mundo meu habilidades no superleve, ao vivo no DAZN PPV.”

Morgan, 35 anos, nasceu e cresceu em Tampa, mas competiu principalmente na Colômbia desde que se tornou profissional em 2022. Embora a maioria de suas vitórias tenha sido por nocaute, ela verá um grande avanço na competição quando enfrentar Serrano.

“Temos treinado para uma oportunidade como esta e quero dar todo o respeito a Amanda por tudo que ela fez em sua carreira e pelo boxe feminino”, disse Morgan. “Neste esporte, porém, para fazer um nome é preciso ter um nome. Tenho 13 KOs e nada será mais doce do que colocar Amanda Serrano em 14. Venha a noite da luta no sábado, 20 de julho, haverá fogos de artifício! “

O card também contará com dois prospectos invictos dos leves, enquanto os rivais amadores Tony Aguilar (12-0-1, 4 KOs) e Corey Marksman (9-0-1, 7 KOs) se enfrentam em uma revanche. Os dois se encontraram pela última vez em fevereiro e lutaram por um empate dividido na série Most Valuable Prospects do MVP.

O invicto peso leve Ashton “H2O” Sylve (11-0, 9 KOs) também está programado para aparecer no card. Sylve, 20, foi originalmente escalado para enfrentar o invicto peso leve Floyd “Kid Austin” Schofield em 20 de julho. Infelizmente, Schofield sofreu uma lesão e não estará disponível para enfrentar Sylve. Um adversário para Sylve será anunciado nos próximos dias.

“As apostas são altas para cada um dos lutadores do MVP entrando no ringue no sábado, 20 de julho. Para Jake e Amanda, a pressão está alta para emergir com um W contra dois oponentes muito perigosos, Mike Perry e Stevie Morgan”, Nakisa Bidarian, cofundador da Most Valuable Promotions, disse. “Jake Paul está enfrentando um monstro que é Mike Perry. Amanda Serrano vai lá com um lutador que tem 13 KOs em 15 lutas. Nada é garantido para nossos dois astros.”



Fonte: Espn