Kishane Thompson, da Jamaica, corre os 100m mais rápidos (9,77) desde 22


KINGSTON, Jamaica — O mais novo campeão nacional dos 100 metros da Jamaica enviou uma mensagem após sua vitória, insistindo que estava diminuindo o ritmo 60 metros após iniciar uma corrida na qual ele fez o tempo mais rápido do mundo em dois anos.

Kishane Thompson venceu o campeonato nacional dos 100 metros da Jamaica em 9,77 segundos na noite de sexta-feira, colocando-se como uma ameaça para se juntar ao maior velocista de seu país, Usain Bolt, como campeão olímpico no próximo mês.

“Meu treinador me instruiu a correr apenas os primeiros 60, nada mais”, disse Thompson, de 22 anos, após vencer em sua primeira aparição do ano. “Depois disso, eu deveria simplesmente parar. Se eu chegasse em segundo ou terceiro, eu entraria para o time. O objetivo não era fazer nada, apenas correr 70 ou 60 e ver onde eu estava.”

Thompson disse que esta foi sua primeira vez correndo rounds. Ele postou 9,82 em sua bateria de abertura na quinta-feira à noite e disse que ficou acordado até tarde com os oficiais de controle de doping.

Thompson venceu Oblique Seville, semifinalista nas Olimpíadas de Tóquio que conquistou uma vitória sobre Noah Lyles no início deste ano.

O tempo de Thompson de 9,77 foi o mais rápido desde que o americano Fred Kerley venceu o campeonato mundial de 2022 em 9,76 segundos. Thompson é agora o quarto jamaicano mais rápido da história, atrás de Bolt, Yohan Blake e Asafa Powell.

“Não tenho certeza de quão rápido consigo ir, mas o tempo não me surpreendeu esta noite”, disse ele.

O recorde mundial de Bolt é de 9,58 segundos desde 2009.



Fonte: Espn