Alex Pereira revida último homem a derrotá-lo no kickboxing Artem Vakhitov: ‘Irmão, tenha cuidado’


Alex Pereira e Artem Vakhitov dividiram suas séries de duas lutas em disputas de título do GLORY em uma cada antes do brasileiro deixar o kickboxing para se concentrar em tempo integral no MMA.

Agora, “Poatan” parece surpreso ao ver os comentários recentes de Vakhitov.

Em uma entrevista recente, Vakhitov disse ao MMA Fighting que Pereira “é um superstar e estou feliz por ele”, mas também disse que está absolutamente disposto a encontrar Pereira novamente, desta vez sob as regras do MMA, agora que Vakhitov está focado em construir sua própria carreira no MMA. Vakhitov acrescentou que acredita que muitos dos oponentes recentes de Pereira ficaram muito intimidados pelo campeão meio-pesado do UFC e “já estão derrotados antes da luta começar”.

“Sua maior fraqueza é que ele é todo ataque, ele não tem defesa”, disse Vakhitov sobre Pereira. “Por causa de sua falta de defesa, ele está aberto a levar muitos socos na cabeça se estiver enfrentando um striker habilidoso. Você viu isso em sua segunda luta com Adesanya. Ele foi pego porque deixa muitas aberturas para pessoas que sabem o que estão fazendo.

“Esses outros caras não se saíram bem contra Alex porque a trocação deles não está em um nível alto o suficiente. Eles não estão confiantes contra ele e acham que ele é imbatível, então, em seus corações, eles já estão derrotados antes da luta começar. Mas eu já o venci antes em uma competição de trocação pura, e tenho certeza de que farei isso de novo se conseguirmos nossa luta trilogia no UFC.”

Pereira, que recentemente nocauteou Jiri Prochazka pela segunda vez para defender com sucesso seu título no UFC 303, respondeu ao striker russo no Instagram, dando conselhos a Vakhitov.

“Ei irmão, cuidado com as pessoas que estão te dando essa ideia”, escreveu Pereira em português. “A mesma pessoa que está te aconselhando a fazer isso tentou o mesmo comigo e eu não fiz porque não sou burro kkkk Todo mundo sabe que quando te deram a vitória [in GLORY in 2021] é porque o GLORY sabia que aquela seria minha última luta na organização e eles não queriam que eu saísse com o cinturão! Para você se expor assim, parece que você está meio perdido e quase certamente não tem um empresário. É o que eu acho. Você deveria mandar uma mensagem para o ‘Joinha’ [Jorge Guimarães, Pereira’s manager] porque eu acho que ele pode te ajudar. Chama.”

Pereira se tornou um campeão indiscutível de duas divisões no GLORY em janeiro de 2021, quando venceu uma decisão dividida sobre Vakhitov. Os dois lutaram em uma revanche oito meses depois. Naquele ponto, “Poatan” já era esperado para assinar um acordo com o UFC, e Vakhitov ganhou seu cinturão de volta por decisão majoritária. Pereira fez sua estreia no UFC dois meses depois com um nocaute no segundo round sobre Andreas Michailidis no Madison Square Garden.





Fonte: mma fighting