Brandon Nimmo, do Mets, fica fora da vitória após desmaiar em quarto de hotel



WASHINGTON — O defensor externo do New York Mets, Brandon Nimmo, perdeu a vitória de 9 a 7 sobre o Washington Nationals na noite de segunda-feira após desmaiar em seu quarto de hotel durante a noite e bater a cabeça ao cair.

O técnico do Mets, Carlos Mendoza, disse que Nimmo cortou a testa, mas não teve concussão.

“Ele passou por todos os testes esta manhã”, disse Mendoza. “Queria ter certeza de que não estávamos esquecendo nada. Felizmente, tudo voltou negativo, então acho que tivemos sorte nisso.”

Nimmo disse que acordou não se sentindo bem por volta das 5h15. Ele foi ao banheiro, teve cãibras e desmaiou. Quando ele acordou e se levantou do chão, ele estava sangrando na cabeça e não tinha certeza do porquê. Ele ligou para os treinadores do Mets, que foram até seu quarto para ajudá-lo.

Nimmo foi ao hospital na segunda-feira para fazer exames, incluindo uma tomografia computadorizada, mas chegou ao estádio antes do jogo e falou com os repórteres com um curativo na testa. Ele disse que, por precaução, não estaria disponível para jogar na segunda-feira à noite, mas esperava estar de volta à escalação muito em breve.

“Ele tem um corte bem grande”, disse Mendoza.

Nimmo está com o Mets há nove temporadas. O outfielder de 31 anos está rebatendo .247 com 13 home runs, 50 RBIs, o recorde da equipe, e um OPS de .815 em 77 jogos nesta temporada, o que o torna um forte candidato a ganhar sua primeira seleção All-Star neste mês.

Nimmo fez seu 100º home run na carreira e uma dupla RBI no domingo, quando o Mets perdeu por 10 a 5 para o Houston em 11 entradas.

Jeff McNeil começou no campo esquerdo quando Nova York abriu uma série de quatro jogos contra os Nationals.

A Associated Press contribuiu para esta reportagem.



Fonte: Espn