Darwin Núñez, jogadores do Uruguai saltam nas arquibancadas após derrota na Copa


Darwin Núñez e cerca de uma dúzia de companheiros de seleção do Uruguai foram às arquibancadas enquanto os torcedores brigavam no Estádio Bank of America após a derrota do Uruguai por 1 a 0 para a Colômbia na semifinal da Copa América na quarta-feira à noite, antes que a equipe de segurança interviesse para restaurar a ordem.

Depois que a Colômbia garantiu a vitória por 1 a 0 em Charlotte, Carolina do Norte, vídeos nas redes sociais mostraram jogadores do Uruguai subindo nas arquibancadas e trocando golpes com torcedores adversários.

A CONMEBOL, entidade máxima do futebol sul-americano, que organiza a Copa, disse que está investigando o incidente e emitiu a seguinte declaração após o jogo: “A CONMEBOL condena veementemente qualquer ato de violência que afete o futebol.

“Nosso trabalho é baseado na convicção de que o futebol nos conecta e nos une por meio de seus valores positivos.”

Nunez e Ronald Araujo, do Uruguai, estavam entre os jogadores na linha de frente da confusão. O capitão Jose Maria Gimenez disse que os jogadores estavam tentando defender suas famílias.

“Deixe-me dizer algo antes que eles cortem vocês porque eles não nos deixam falar no microfone, eles não querem que eu diga nada sobre o que está acontecendo, mas isso é um desastre”, disse Gimenez na transmissão oficial. “Por favor, tenham cuidado, nossas famílias estão nas arquibancadas, há pequenos bebês recém-nascidos. Foi um desastre; não havia polícia e tivemos que defender nossas famílias.

“Isso é culpa de duas ou três pessoas que beberam demais e não sabem beber.”

Jogadores e comissão técnica da Colômbia e do Uruguai também se envolveram em um confronto em campo após o apito final.

“Achei que o incidente terminou em alguma discussão no meio-campo e quando vi isso acontecendo fui para o vestiário”, disse o técnico do Uruguai, Marcelo Bielsa, em entrevista coletiva.

“Eu pensei que eles estavam agradecendo aos fãs pelo apoio. Mas então eu descobri que houve alguns problemas lá, infelizmente.”

O cabeceio de Jefferson Lerma no primeiro tempo deu à Colômbia uma vaga na final de domingo contra a Argentina. O Uruguai jogará contra o Canadá na disputa pelo terceiro lugar.

Informações da Associated Press e da Reuters foram usadas nesta história.



Fonte: Espn