Jaime Lozano mantém emprego no México apesar da eliminação na Copa América


O diretor esportivo do México, Duilio Davino, afirmou que o técnico Jaime “Jimmy” Lozano manterá seu cargo, apesar da desastrosa eliminação precoce na fase de grupos da Copa América.

Precisando de uma vitória na última partida da fase de grupos, El Tri não conseguiu se classificar para as oitavas de final depois de empatar em 0 a 0 com o Equador no domingo, em Glendale, no State Farm Stadium do Arizona.

“O projeto continua”, disse Davino em zona mista pós-jogo. “Dentro de duas semanas Jimmy vai nos apresentar uma avaliação do que aconteceu no verão… conversaremos com ele sobre tudo que podemos melhorar. As áreas e oportunidades que temos, que certamente são muitas, mas também há pontos positivos .”

“O projeto vai até 2026.”

O México fechou sua corrida pela Copa em terceiro no Grupo B com um registro de 1V-1E-1D, enquanto marcou apenas um gol em mais de 270 minutos de jogo. Após o sorteio, Lozano observou o progresso que seu elenco deve fazer.

“Precisamos marcar gols”, disse Lozano. “Obviamente, eles têm que marcar gols, mas, acima de tudo, eles têm que sofrer o mínimo possível, e neste torneio, acho que o time foi muito sólido defensivamente.”

O dirigente, que deixou de fora alguns veteranos do elenco da Copa, também se manteve confiante no projeto que está construindo para a próxima Copa do Mundo.

“Acredito que esses jogadores em dois anos podem ter um crescimento significativo e, acima de tudo, isso cria uma competição importante”, disse El Tritreinador do ‘s.

Em relação às decisões da arbitragem, Lozano permaneceu em silêncio sobre os momentos do jogo que incluíram um pênalti anulado para o México devido ao VAR, bem como algumas outras situações do jogo que poderiam ter valido um pênalti.

“Não gosto de falar muito sobre arbitragem, é o que é”, disse Lozano. “Existe o VAR, acho que temos cada vez mais ferramentas… não sei, e menos ainda depois de uma partida que acabou.”

Outrora duas vezes finalista do torneio, o México já conquistou três eliminações da fase de grupos nas últimas quatro partidas na Copa.

Em outro lugar no Grupo B, a líder Venezuela e o segundo colocado Equador reservaram sua vaga na fase eliminatória. A Venezuela enfrentará o Canadá, enquanto o Equador enfrentará a Argentina.



Fonte: Espn