Perfil oficial do G1 no Facebook ofende garoto que acompanhava Bolsonaro em desfile

O próprio site confirmou a veracidade das ofensas e se retratou do episódio

“Faces aparentes de uma guerra que tentam esconder de você” foi assim que analisou o filho do presidente, o deputado , sobre o episódio lamentável de ofensas contra um garotinho na rede.

Durante o desfile cívico do , o presidente Jair Messias parou o carro onde desfilava com a primeira dama Michele, e chamou um garoto, Ivo Cesar Gonzales, 9 anos de idade, para desfilar junto a ele. O jovenzinho ficou bastante feliz e a atitude do presidente foi elogiada por boa parte dos internautas e público presente.

Em uma postagem na fan page do G1 sobre o episódio, a própria conta oficial postou um comentário:

“Moleque imbecil, vai se alfabetizar”

Internautas não perderam tempo e logo tiraram print, antes que o comentário fosse deletado.

Também nas redes sociais, Eduardo Bolsonaro, filho do presidente, mostrou mais uma vez a “guerra” entre o Governo e a poderosa .

‪Alô G1 @portalg1 é verdade isso? indagou….

Após algumas horas do acontece o G1 tratou de se retratar com uma notinha em seu site:

Nota da redação: A conta do G1 foi indevidamente utilizada para um comentário ofensivo sobre o menino que acompanhou o presidente Jair Bolsonaro no desfile de . O G1 repudia o uso de sua conta e anuncia que vai investigar o ocorrido e tomar as medidas cabíveis.

Porém eles não informaram quem fez o uso da conta indevidamente, motivo em que fez o filho do presidente rebater mais uma vez:

“-Bacana, Massssssss, foi o estagiário ou o editor chefe? Xingar uma criança foi muito pesado!”

“-Isso apenas expressa a guerra sorrateira que já vivenciamos. Só uma pessoa muito ingênua ficou surpresa com aquele comentário vindo do G1.” finalizou Eduardo Bolsonaro em seu Twitter.

Da Redação