Carlinhos Maia fala na TV sobre “Cancelamento na Internet”

Fenômeno do humor na internet, é o entrevistado do ‘Luciana By Night’ desta terça-feira (19).

Divulgação

Em sua casa, em Penedo, Alagoas, durante o bate-papo por vídeo, o convidado relembra momentos da infância humilde no interior do estado e revela que a criatividade “foi quase para o ralo” durante a quarentena do novo coronavírus. “Precisei me reinventar. Há mais de cinco anos eu não passava tanto tempo dentro de casa. Estava sempre viajando, fazendo shows, campanhas. Quando me vi sozinho, com o Lucas [marido], eu disse: ‘Ferrou. Agora vou ter que mostrar que dá para fazer humor dentro de casa’, e descobri outras formas de fazer as pessoas rirem”, explicou ele que, através de suas redes sociais, diverte mais de 20 milhões de seguidores diariamente.

Após ficar conhecido por todo o país, Carlinhos precisou lidar com o ataque de haters inúmeras vezes. Ao comentar sobre a cultura do cancelamento, que busca interromper o apoio a uma personalidade pública por causa de alguma postura específica adotada, ele classifica: “É uma palhaçada gigantesca”. Mas o youtuber afirma que hoje em dia aprendeu a lidar com essas situações. “Não estava acostumado. Sou um cara do interior, não terminei os estudos. Falava de uma forma [nas redes sociais] e tinha a sensação de que estava na cozinha da minha casa, conversando com meus amigos. Dava uma opinião e, quando ia ver, tinha tomado uma proporção maior. Precisei parar e entender que minha voz, hoje, é uma voz ativa e vai reverberar de diversas maneiras”, comenta.

“Fui estudar como me portar, falar, sobre o que falar e só falar daquilo que entendo. Hoje não me atinge mais. Olho para tudo aquilo que eu sei que não me pertence e deixo passar batido, melhorando sempre o que tenho que melhorar. Uma fala errada vale por todas as coisas boas da vida inteira? É uma desconstrução diária”, resume.

Prestes a celebrar o primeiro aniversário de casamento, Carlinhos confidenciou à Gimenez que pretende aumentar a família. “O Lucas quer muito mais que eu. (…) Ele é todo meigo, adora uma criança. Mas quero ter filhos, sim. Quero adotar porque tem gente demais sobrando no mundo para a gente adotar e dar amor”, completa.

A entrevista completa será exibida hoje (19), às 23h30, na RedeTV!.

 

Por Assessoria