Fiocruz entrega documentação completa para obter registro de vacina

Butantã, por sua vez, ainda precisa enviar uma parte da papelada exigida pela agência reguladora

A Fiocruz entregou há pouco o restante da documentação exigida pela Anvisa para analisar o pedido de concessão do registro emergencial de sua , elaborada pela Universidade de Oxford em parceria com o laboratório AstraZeneca.

Ao Butantã, responsável no Brasil pela vacina Coronavac e que pleiteia a mesma coisa, ainda falta entregar 10% dos documentos necessários. A diretoria colegiada da Anvisa vai se reunir no próximo domingo para bater o martelo sobre os pedidos de registros.

A reunião, prevista para começar 10 horas, será transmitida nos canais da Anvisa e deve durar cerca de 5 horas. A avaliação é feita por três áreas da Anvisa, que são as áreas responsáveis pelo registro de medicamentos, pela certificação de Boas Práticas de Fabricação e pela farmacovigilância de medicamentos, que é o monitoramento de produto no mercado.

A decisão final será tomada pela Diretoria Colegiada da Anvisa a partir do que disserem as áreas técnicas.

Este grupo reúne a instância máxima da Anvisa, que reúne cinco diretores da agência. Após a decisão, será publicado no portal da agência um relatório com as bases técnicas da avaliação sobre a autorização.

Fonte:

Comentários