Em fala, técnico disse que “Se contratou muito jogador cabeça de bagre”. Em nota oficial, diretoria disse que áudio foi divulgado após derrota para tumultuar.

Um grupo de torcedores foi ao CT do Mutange no dia 16 de agosto para cobrar jogadores, comissão técnica e diretoria pelo momento vivido pelo clube no Campeonato Brasileiro. Na ocasião, o treino foi fechado e os torcedores foram recebidos pelo técnico Fucks, o diretor executivo de futebol Fabiano Melo e alguns jogadores.

No encontro, Argel comentou a situação do no Brasileiro, – é o penúltimo colocado -, reclamou de contratações, criticou o ex-técnico Marcelo Cabo e citou até nomes de alguns jogadores que, em sua visão, não estão em condições de disputar a Série A. Sobrou para Julian Benítez (ex-Olimpia-PAR), Robinho (ex-Fluminense) e Madson (ex-Vasco).

A equipe teve alguns dias de tranquilidade após a vitória fora de casa contra o Fluminense e o empate em casa contra o Cruzeiro. Sites de apostas como Bet365 chegaram a oferecer excelentes odds para uma vitória ou empate do CSA nestas partidas, o que fez a felicidade dos torcedores do Azulão que apostaram online. Mas após perder para o Bahia no último sábado, o áudio vazado nas redes sociais. Em uma das falas, Argeu criticou a qualidade do elenco:

– Eu sei que vocês se acostumaram a ganhar, vocês saíram da Série D, subiram pra C, subiram B, só que a Série A é outro nível. É outro nível, gente. Foi feita muita coisa errada por aqui, se contratou muito jogador cabeça de bagre. Quando a gente veio pra cá, a gente sabia que era difícil, agora ninguém se entregou, não. Eu não sou cara de me entregar. Eu trabalho pra c…. todo dia aqui, por falta de trabalho que não é. “Ah, os caras estão correndo”, os caras tão correndo pra c…, o que falta é qualidade pro nosso time.

Após a reclamação, Fabiano pediu para falar, mas ele retrucou o dirigente:

– Fabiano, deixa eu falar, porque eles tão batendo em você e tão batendo em mim, então deixa eu falar. É muito fácil colocar a culpa no treinador, então deixa eu falar, eu tô há cinco jogos aqui… Quando a gente veio pra cá, a gente sabia que era difícil, agora ninguém se entregou, não. Eu não sou cara de me entregar.

Em outra parte do áudio, Argel fala sobre problemas estruturais do clube:

– O CSA não tem essa estrutura toda que vocês acham que tem, não. Vamos ali dar uma volta no campo… Vocês viram onde eu tive que treinar hoje? Eu tive que fazer uma área, um clube da Série A fazer uma área de fita. Nós não temos campo, porque tá chovendo pra c… aqui. Estamos na Série A, é diferente. Sabe porquê é diferente? O Grêmio vem de voo fretado. Aluga um avião pra vir jogar com a gente, os caras pagam 200 paus pra vir. Então, nós estamos numa realidade diferente.

No áudio vazado, Fabiano Melo também diz que a diferença financeira entre os clubes é complicada na Série A. Ele revela ainda o valor da folha do CSA:

– Do Alagoano pra cá, a nossa folha é de 1 milhão e meio (de reais). Você acha que com esse valor a gente consegue montar um grupo para a Série A? A folha dos caras é R$ 12 milhões, R$ 14 milhões, R$ 4 milhões e 800 mil do Fortaleza – argumentou o dirigente.

Argel também falou sobre os problemas ofensivos do CSA. Disse que fez testes no ataque:

– E eu trouxe o João Vitor, o Alan Costa, o Euller, o Alecsandro. Nós precisamos de no mínimo dois centroavantes pra jogar Série A. O Fortaleza tinha Welligton Paulista e o Kieza no banco. ‘’Ah! Mas não pode jogar com dois centroavantes’’… Gente, nós temos três gols no campeonato (agora tem cinco). Nós temos que tentar qualquer coisa. Eu tentei com o Robinho, não deu, eu tentei com o Cassiano, e não deu, eu tentei com o Gamarra, e não deu, eu tentei com o Maranhão, e não deu. Tem que tentar.

O técnico do CSA também explicou o motivo de exigir treinos pela manhã:

– Outra coisa, estamos num lugar de praia. Num lugar de praia tu tem que botar treino de manhã, porque senão o cara vai pra bar, ele vai dormir até 10 horas da manhã… Agora se tu bota o treino de manhã, o cara vai pensar ‘’car**, se eu sair, amanhã eu não guento’’. E aqui era só treino à tarde – comentou Argel, que completou dois meses no CSA.

No último domingo mesmo, o departamento de futebol do CSA emitiu uma nota oficial repudiando o vazamento do áudio.

Confira a notal oficial do CSA na íntegra:

“No último dia 16/08, antes da partida contra o Fluminense, foi realizado, no CT Gustavo Paiva, uma reunião entre um grupo de torcedores, nosso Executivo de Futebol Fabiano Melo e o Treinador Argel Fucks.
Nessa conversa, foi debatido algumas circunstâncias adversas que culminaram a campanha abaixo do esperado no primeiro turno do Campeonato Brasileiro 2019.
O encontro foi realizado na sala da direção do clube. Agindo de extrema má fé, algum integrante dessa reunião gravou na íntegra toda conversa. E resolveu viralizar o conteúdo em um momento de derrota, simplesmente com intuito de tumultuar. O CSA repudia essa atitude, uma vez que recebeu a todos e ouviu cada uma das reivindicações.
Todos que fazem o Centro Sportivo Alagoano estão trabalhando incansavelmente para tirar o clube mais tradicional do estado dessa situação. O maior dos desafios é disputar um dos campeonatos mais concorridos do mundo, tendo a menor folha salarial dentre os 20 clubes que compõem a Série A, abaixo até de alguns times da Série B.
Confiamos na força de nossos verdadeiros torcedores, que não buscam em um momento de fraqueza desestabilizar um trabalho que vem sendo revolucionário em um curto espaço de tempo. Fomos o único clube do Brasil a sair de um período sem calendário para elite do futebol nacional.
A força que vem das arquibancadas sempre foi o maior combustível, não apenas para os jogadores, mas sim cada funcionário que compõe o CSA. Confiamos no poder dos verdadeiros torcedores, que não buscam se promover em um momento de derrota e sim, apoiar o Azulão, incondicionalmente. São para esses torcedores que trabalhamos incansavelmente todos os dias.
A parte de baixo da tabela está “embolada” e temos totais condições de sair da zona de rebaixamento. No próximo domingo temos um confronto direto, a fim de tirar o CSA dessa situação incômoda. Contamos, mais uma vez, com a presença e apoio de toda Nação Azulina – diz a nota do CSA.”

O confronto de domingo (08/09) está marcado para às 19:00 no estádio Rei Pelé, contra a Chapecoense. Os melhores sites de apostas irão oferecer muitas opções de apostas online para esta partida, como acontece em todas as rodadas do Campeonato Brasileiro. Torcedores do CSA terão a oportunidade de acompanhar ao vivo esse confronto entre duas equipes que lutam para sair da zona do rebaixamento e ainda lucrar com seu palpite. Para isto, basta escolher o site de apostas de futebol que mais te agrada.