Um reforço na segurança pública de Penedo está próximo de ser concretizado. Com sede já identificada por pintura que estampa a logo da terceira gestão do prefeito Március Beltrão, a Guarda Municipal Patrimonial já tem seu ‘quartel’ definido.

A base do setor que terá como função primordial zelar e proteger o patrimônio público – atenção vândalos: flagrante de depredação é cadeia na certa! – está situada na Rua da Aurora, nº 321, bairro Santa Luzia.

A instalação da sede da Guarda Municipal é sinal evidente que a prefeitura vai tirar do papel um projeto de lei sancionado ainda durante a gestão do prefeito Dirson Albuquerque, proposta de autoria do então vereador Alcides Andrade, o Cidoca.

Em período mais recente, um novo passo foi dado em direção à efetivação da Guarda Municipal, ainda que de forma indireta. Com a extinção de funções no quadro administrativo do governo, por necessidade de adequação da estrutura estatal aos tempos atuais, o Procurador Geral do Município, Dr. Francisco Sousa Guerra (Tico), viabilizou o remanejamento dos servidores que tiverem interesse em atuar na Guarda Patrimonial.

Para tanto, além da vontade do funcionário efetivo, é preciso observar critérios como nível de instrução formal para o desempenho da função que também exige capacitação específica. Cursos de qualificação existem para suprir esse tipo de carência. Para encerrar o primeiro tema de nosso blog, o nome mais cotado para assumir o comando da Guarda Municipal Patrimonial de Penedo é do Sargento Sabino, que comandou o Departamento de Trânsito do Município (hoje SMTT) durante parte da segunda gestão de Március Beltrão.

Comentários