#fakenews Vídeo de Doria com garotas de programa

O site Antagonista conversou com Wanderson Castilho, um dos maiores especialistas brasileiros em crimes na web.

Ele classificou como “manipulação grosseira” o vídeo que circulou ontem nas redes vinculando o tucano João a uma orgia com seis garotas de programa.

“A manipulação da imagem é grosseira. É possível ver as marcas da implantação do rosto do candidato sobre a imagem original. O rosto está deslocado e há uma deformação evidente no pescoço. A adulteração é sofrível”, garante.

Doria atribuiu o vídeo ao adversário Márcio França, que negou envolvimento no caso.

Fonte: O Antagonista