Não é de hoje que profissionais da saúde reclamam da falta de segurança, tanto na antiga Emergência, como na Unidade de Pronto Atendimento de Penedo (UPA).

Neste domingo, um homem identificado apenas como “Edinho”, deu entrada na unidade de saúde alegando fortes dores de cabeça. O mesmo se descontrolou com os procedimentos padrões do hospital e começou a agredir verbalmente um médico e uma enfermeira que prestavam atendimento. Não satisfeito, o mesmo desferiu um chute em uma enfermeira e logo após foi contido.

A direção da UPA acionou a Polícia Militar que prontamente foi até o local e levou todos os envolvidos para Delegacia Regional de Penedo, onde o suposto agressor prestou esclarecimentos aos agentes plantonistas da 7ª DRP.

Após depoimento, o mesmo retornou para UPA e foi atendido pelos profissionais. Ele se encontra internado na unidade de saúde até o fechamento desta matéria.

Não foi a primeira vez

Segundo informações, Edinho já teria agredido verbalmente outros funcionários, porém dessa vez passou dos limites. Familiares do suposto agressor informaram que ele passa por problemas psicológicos.