Concurso Delegado PC ES 2019 registra 15,5 mil inscritos! Provas no dia 14 de julho!

concurso público de Delegado da Polícia Civil do Espírito Santo (Concurso Delegado PC ES 2019) registrou 15.579 inscritos, sendo 13.407 pagantes e 2.172 isentos. De acordo com o documento, serão oferecidas nada menos que 33 (trinta e três) vagas. Além disso, serão destinadas oportunidades a candidatos portadores de deficiência. O Instituto Acesso de Ensino, Pesquisa, Avaliação, Seleção e Emprego tem a responsabilidade do certame.

O salário inicial será de R$ 10.058,56 (dez mil, cinquenta e oito reais e cinquenta e seis centavos) termos da legislação em vigor, eventualmente o delegado de polícia poderá receber outras vantagens financeiras decorres de promoção, progressão, serviço extraordinário, indenização suplementar de escala operacional, indenização para aquisição de uniforme, gratificação de acúmulo de titularidade, gratificação de chefia, gratificação de função e bônus pecuniário.

Para concorrer a uma das vagas, o candidato ter curso superior de Bacharel em Direito e possuir três anos de prática forense, após a conclusão do curso de Direito, ou três anos de atividade policial, em qualquer instituição de segurança pública.

O Delegado de Polícia deverá instaurar e presidir procedimentos policiais de investigação; orientar e comandar a execução de investigações relacionadas com a prevenção e repressão de ilícitos penais; participar do planejamento de operações de segurança e investigações; supervisionar e executar missões de caráter sigiloso; participar da execução das medidas de segurança orgânica, bem como desempenhar outras atividades, semelhantes ou destinadas a apoiar o órgão na consecução dos seus fins.

Prepare-se: Apostila Concurso Delegado PC ES 2019 – Atualizada

O candidato, em caso de aprovação no concurso e nomeação para o cargo,  permanecerá no mínimo por 02 (dois) anos no local de sua primeira localização atendimento à necessidade de interesse público.

Prática forense

Regras:

  1. Atividade exercida privativamente por bacharel em Direito;
  2. Efetivo exercício da advocacia (inclusive voluntária), com a participação anual em 5 atos privativos de advogado em causas ou questões distintas;
  3. Exercício de cargos, empregos ou funções (inclusive magistério superior) que exija utilização preponderante de conhecimento jurídico;
  4. Exercício da função de conciliador junto ao Poder Judiciário: 16 horas mensais durante 1 ano;
  5. Exercício regular da atividade de mediação ou arbitragem.

Inscrição Concurso Delegado PC ES

Os interessados em concorrer a uma das vagas poderão se inscrever entre 22 de março e 30 de abril de 2019, no site oficial da banca organizadora (http://www.institutoacesso.org.br/). A taxa de inscrição custa R$138,00.

Etapas Concurso Delegado PC ES

O concurso será composto por:

Primeira etapa – exame intelectual, constituída de prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório;

Segunda etapa – exame intelectual, constituída de prova escrita classificatório;

Terceira etapa – de caráter eliminatório, com as seguintes fases: a) exame de aptidão física; b) exame de sanidade física e mental; e c) exame psicotécnico;

Quarta etapa – constituída de prova oral, de caráter eliminatório e classificatório realizada em sessão pública com gravação de áudio ou qualquer outro meio que possibilite a sua posterior reprodução, vedado o exame simultâneo de mais de um candidato

Quinta etapa – a) comprovação e avaliação de títulos, de caráter classificatório até o limite de 20 (vinte) pontos; b) comprovação do cumprimento do tempo mínimo de prática forense ou em atividade policial (retificação excluiu etapa)*, de caráter eliminatório;

*O Instituto Acesso, comunica que solicitou à Polícia Civil do Estado do Espírito Santo, através de sua Comissão Organizadora do Concurso Público, a suspensão da 5a Etapa – Fase “Comprovação do Cumprimento do Tempo Mínimo de Prática Forense ou em Atividade Policial”, em razão da Súmula 266 do STJ (o diploma ou habilitação legal para o exercício do cargo deve ser exigido na posse e não na inscrição para o concurso público).

Sexta etapa – sindicância da vida pregressa, de caráter eliminatório;

Sétima etapa – aprovação em Curso de Formação Profissional ministrado pela Academia de Polícia Civil, de caráter eliminatório.

Provas Concurso Delegado PC ES

A prova objetiva será aplicada no dia 14 de julho de 2019. Avaliação será composta por 120 questões e terá duração de 5 horas e meia. De acordo com o edital. Os candidatos que forem aprovados na prova objetiva serão convocados para a prova discursiva. Esta segunda etapa valerá 120 pontos.

A prova contará com questões de Direito Penal (21), Direito Processual Penal (21), Direito Administrativo (16), Criminologia (13), Direito Constitucional (13), Direitos Humanos (04), Direito Civil (04), Medicina Legal Judiciária (04) e Legislação Estadual (04).

Cada questão da “Prova Objetiva” terá 5 (cinco) alternativas, sendo que cada questão terá apenas 1 (uma) alternativa correta.

A prova discursiva do concurso da Polícia Civil do Espírito Santo, ainda sem data, consistirá na elaboração de uma peça prática e de três questões discursivas, com valor total de 120 pontos. A prova terá duração total de 5 horas.

Validade

A validade do concurso será de dois anos, com possibilidade de prorrogação por igual período.

Informações do concurso:

  • Concurso: Polícia Civil do Espírito Santo
  • Cargo: Delegado
  • Banca organizadora: Instituto Acesso
  • Escolaridade: superior
  • Número de vagas: 33
  • Remuneração: R$ 10.058,56
  • Inscrições: entre 22 de março e 30 de abril de 2019
  • Taxa de Inscrição: R$138,00
  • Provas: 14 de julho de 2019
  • Situação: PUBLICADO

Edital Concurso PC ES 2019 – Delegado

Retificação do edital

Retificação do edital 2

Saulo Moreira

Concurso Delegado PC ES 2019 registra 15,5 mil inscritos! Provas no dia 14 de julho!

3.3 (66.67%) 3 vote[s]


The following two tabs change content below.

Saulo Moreira

Editor do Site Notícias Concursos com mais de 2 mil artigos publicados.

Últimos posts de Saulo Moreira (ver tudo)





Fonte: Notícias Concursos