26.6 C
Penedo
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Marquês de Pombal: Entenda suas reformas 


Sebastião José de Carvalho e Melo, popularmente conhecido como Marquês de Pombal, foi um diplomata e estadista português no século XVIII. 

Trata-se de uma das figuras principais do despotismo esclarecido, através do seu trabalho como secretário de Estado do Reino, entre os anos de 1750 e 1777, durante o reinado de D. José I. 

Marquês de Pombal tornou-se um personagem muito conhecido na história por conta das reformas sociais, políticas, administrativas e econômicas instituídas em Portugal. 

Nesse período de reformas o Brasil era uma colônia de Portugal e por isso as medidas acabaram afetando o país tupiniquim. 

Principais medidas e características das reformas de Pombal

As reformas realizadas por Marquês de Pombal, popularmente conhecidas como “Reformas Pombalinas” foram um marco na história portuguesa. 

Por meio delas, houve a abolição da escravatura em Portugal, contudo, ocorreu somente na metrópole em 1761. 

As medidas também colocaram um ponto final na prática dos autos de fé realizados pela Inquisição. 

Houve também a criação de leis para combater a discriminação contra os cristãos-novos em Portugal. 

No ano de 1768, foi criada a Real Mesa Censória com o objetivo de fiscalizar e censurar livros publicados em Portugal. Essa atividade era realizada anteriormente pelo Tribunal do Santo Ofício. 

Você Pode Gostar Também:

As medidas tomadas no campo religioso corroboraram para reduzir a influência da Igreja Católica no governo português, potencializando o poder do rei. 

Já no ano de 1755, Marquês de Pombal foi um dos responsáveis pela reconstrução de Lisboa, após a cidade ter sido atingida por um terremoto de grandes proporções. 

No território brasileiro, as reformas interromperam o sistema das Capitanias Hereditárias e colocou um ponto final da escravidão indígena. Por conta disso, houve a expulsão dos jesuítas do Brasil. 

O Marquês de Pombal também foi responsável por desenvolver companhias visando exercer alguns monopólios. Ademais, foram adotadas medidas para fomentar a criação de manufaturas têxteis no Brasil. 

Buscando arrecadar mais tributos para a monarquia portuguesa, criou o imposto conhecido como o “quinto” que representava 20% do valor sobre o ouro encontrado no Brasil. 

Foi responsável pela transferência da capital colonial do Brasil de Salvador na Bahia para o Rio de Janeiro. 

Pôs fim ao Tratado de Methuen com os ingleses. Esse acordo comercial era muito desfavorável para os portugueses, pois a Inglaterra tinha vantagens lucrativas sobre a venda de tecidos para Portugal.  

Em contrapartida, os portugueses não conseguiram obter o lucro esperado na venda de vinhos para os ingleses. 

E então, gostou de saber um pouco mais sobre o Marquês de Pombal e suas reformas?

Não deixe de ler também – Dom Pedro II: Detalhes de seu governo, escravidão e legado. 

Leia Também:

Está “bombando” na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br

Fonte: Notícias Concursos