Hoje, terça-feira, 28 de outubro, o coordenador do Centro de Mamíferos Aquáticos em Alagoas, Iran Normande, recebeu a informação de que um dos bichos que sofre com o risco de extinção no mundo marinho foi encontrado morto na Ilha da Crôa, na Barra de santo Antônio em Alagoas. A causa da morte seria um tiro na cabeça do animal.

O Peixe-boi marinho tinha cerca de 230 quilos e 2,4 metros. Segundo o analista ambiental do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Iran Normande, o animal com ferida de tiro na cabeça, foi encontrado por moradores da região. O mamífero era macho e tinha sete anos, segundo o ambientalista um adulto jovem, já que a espécie pode chegar até 60 anos.

De acordo com o sargento Leonardo, da 3ª Cia Independente, a Polícia Civil já foi acionada para ir até o local. “Se for comprovado mesmo o crime ambiental, a Polícia Civil deverá apurar para descobrir quem foi o autor”, disse.
Ainda segundo Normande, após a Polícia recolher as informações, o animal será recolhido para passar por uma necropsia com o intuito de descobrir a causa da morte.