Metrô de São Paulo terá exposição sobre Penedo

A cidade ribeirinha de Penedo mais uma vez terá divulgação fora do estado alagoano.

Penedo e são as únicas cidades do Nordeste, que participaram da exposição de fotos artísticas sobre as belezas turísticas nas estações do metrô de São Paulo, localizadas na Av. Paulista e Faria Lima. O trabalho é realizado pela equipe formada pelo repórter fotográfico Evaldo Parreira, o jornalista Mozart Luna e o operador de drone Jorginho Luiz.

A abertura da exposição acontece no dia primeiro de abril em São Paulo, com a presença dos profissionais e representantes da concessionaria do Metrô. São 30 painéis de cada cidade, que ficarão expostos durante 90 dias nas estações, que diariamente têm um fluxo 800 mil pessoas.


A exposição vai possibilitar a divulgação das belezas naturais e atrativos culturais dos destinos turísticos dos municípios. A escolha de Piranhas e Penedo se deu pelas belezas que possuem e ao interesse dos gestores em viabilizar o projeto.

A equipe dos produtores do projeto, trabalham agora outros projetos como a exposição em aeroportos no Brasil, na América Latina e Europa, além de New York e Londres. Os espaços das exposições dos trabalhos fotográficos e jornalísticos serão sempre de grande fluxo de pessoas e assim mostrar as belezas naturais e culturais de destinos turísticos.

O prefeito de Penedo Marcius Beltrão agradeceu a equipe de produtores da exposição, por ter escolhido Penedo para mostrar toda beleza do município histórico. Segundo o repórter fotográfico Evaldo Parreira a escolha foi mais do que justa, já que Penedo e Piranhas possuem atrativos naturais e acervos arquitetônicos mais preservados do Brasil. “Estamos determinados em consolidar o turismo em Penedo e ações como essa são importantíssimas para aumentar o fluxo de turistas e atrais investidores”, disse Marcius Beltrão.

A equipe agora busca o apoio do Governo do Estado para levar uma exposição de Alagoas, para New York e Londres, onde já existem espaços disponíveis para mostrar as belezas naturais.

Fonte: http://meioambienteeturismo.blogsdagazetaweb.com