Penedo sofre com deficiência na coleta de lixo

Há dias que a cidade de Penedo vem passando por maus bocados devido a ineficiência na coleta de lixo residencial. 

Em várias partes da cidade penedense, moradores reclamam que o carro coletor de lixo não passa nas ruas, e sacolas de resíduos vêm se acumulando nas ruas, deixando a cidade suja e propícia a proliferações de doenças. De acordo com uma moradora, através de um relato nas redes sociais, o lixo não é recolhido há 7 dias, e infelizmente o cidadão comum não pode e nem deve estocar o lixo por tanto tempo dentro de casa.

Em matéria noticiada no site Boa Informação, foi divulgada uma entrevista do Secretário de Serviços Públicos, Moises Marques, ao qual ele dizia que uma nova carreta iria chegar na cidade de Penedo para substituir uma outra que estava quebrando constantemente. Na oportunidade, Moises afirmou que na quinta-feira (14) a coleta seria restabelecida normalmente.

Em contato com o secretário na noite desta terça-feira, 19 de março, Moises foi indagado pela reportagem do site Boa Informação, os motivos pelos quais a cidade ainda sofre com esse serviço essencial para a população.

“Realmente chegou uma carreta, mas chegou com problema também. Ela foi recolhida e eu pedi que ela só voltasse quando desse para trabalhar sem causar nenhum problema.” disse Moisés.

O Secretário afirmou que a carreta passou por manutenção e deverá chegar ainda nesta quarta-feira (20). E gradativamente deverá normalizar o serviço.

Moisés também ressaltou que devido a falta deste veículo a coleta só está sendo feita em 40% nas segundas e entre terça ao sábado 50%. A preferência da coleta também está sendo em avenidas e no Centro da cidade, locais que demandam mais urgência devido a grande quantidade de lixo.

“Tenho esperança que a carreta chegue amanhã e em três dias normalizamos toda a coleta de lixo na cidade”, finalizou Moisés Marques, Secretário de Serviços Públicos.

ENTENDA

Com o final do lixão em Penedo, uma carreta estoca todo o lixo dos coletores e viaja para a cidade de Craíbas, agreste alagoano, para fazer o descarte em local adequado. Com a falta do veículo, os coletores estão realizando essa viagem, ocasionando assim um desfalque para o serviço em Penedo, além de um atraso, já que o lixo não pode ser deixado em algum lugar para ser transportado mais tarde para a referida cidade. A contratação destes transportes foi feito através de um processo licitatório onde a empresa vencedora, em tese, deveria prestar um bom serviço.