Nesta terça-feira (13), os desembargadores eleitorais integrantes do Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE/AL) decidiu acatar o pedido de tropas federais do juiz eleitoral da 8ª Zona – Pilar, Sandro Augusto dos Santos. O magistrado encaminhou ao Tribunal a solicitação reforço no policiamento local em razão de violentos incidentes locais e do baixo efetivo policial na região.

O pedido foi aprovado por decisão unânime dos integrantes do Regional alagoano e teve sua relatoria realizada pelo desembargador eleitoral Gustavo Gomes. Agora o pedido de tropas federais será enviado para o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que dará a palavra final sobre o envio ou não dos militares.

“Sem essa providência no caso em tela, há fundados riscos de séria perturbação da ordem pública, inclusive podendo ocorrer indesejáveis conflitos de grupos partidários no dia do pleito e mesmo em datas que a ele antecede”, arrematou o relator, desembargador eleitoral Gustavo Gomes.

Questionado pelo TRE/AL acerca da manutenção da ordem pública neste período eleitoral, o governo estadual se manifestou, por ofício, informando que a Polícia Militar de Alagoas adotará as medidas necessárias para garantir a segurança da população e candidatos, mas ressaltando que não se contraporia à deliberação do Tribunal caso fosse entendido “a imprescindibilidade do comparecimento das tropas federais no referido município”.

Comentários