CAIXA pode vender fatia na empresa, diz Petrobras

Em comunicado divulgado nesta quarta-feira, 17 de abril, a Petrobras informou que recebeu correspondência da Caixa Econômica Federal na qual o banco diz estudar a possibilidade de vender ações que detém na companhia.

A Caixa revelou que, entre as alternativas em avaliação, não descarta “a hipótese de realização de uma oferta pública secundária de ações (follow-on) registrada no Brasil e nos Estados Unidos”. A petroleira estatal disse que o banco formou um sindicato de assessores financeiros e legais para avaliar as “alternativas viáveis” para o negócio.

No início deste ano, a Casa Civil disse que o governo federal vai autorizar o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e a Caixa Econômica Federal (CEF) a vender ações na Petrobras sem a necessidade de aval do presidente da República.

Atualmente, a Caixa tem participação acionária de 3,2% na composição do capital social da Petrobras, conforme dados de fechamento de março. O BNDES tem 9,9%, enquanto o BNDESPar conta com 0,2% das participações.

No início deste mês, o secretário de Desestatização e Desinvestimentos do Ministério da Economia, Salim Mattar, disse que o Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, BNDES e Petrobras não serão privatizados. A declaração foi dada durante evento realizado pelo banco Bradesco em São Paulo.

Veja situação de cada concurso

Caixa

No momento, a instituição trabalha para convocar os aprovados do último concurso, realizado em 2014. Em fevereiro, o Ministério Público do Trabalho do Distrito Federal, através de nota publicada, informou que a Caixa Econômica Federal vai convocar os candidatos aprovados no último concurso. No entanto, o quantitativo de candidatos que serão chamados não foi revelado pelo MPT-DF.

Um comunicado interno da estatal, emitido no último dia 17 de janeiro, já havia confirmado a intenção do chamamento dos candidatos. O documento vai ao encontro da informação confirmada recentemente pelo presidente da CEF, Pedro Guimarães, em visita à Diretoria de Gestão de Pessoas, em Brasília. Informalmente e sem dar muitos detalhes, ele teria falado em 2.500 contratações.

De acordo com o presidente da Federação Nacional das Associações de Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae), Jair Pedro Ferreira, a retomada de contratações é positiva, mas não basta. “Essa é uma luta da Fenae e de outras entidades. Os empregados estão mais sobrecarregados e adoecidos a cada dia. Não adianta chamar 2.500 concursados e forçar a saída de 5 mil, 10 mil trabalhadores com planos de demissão e aposentadoria”, critica. Saiba mais sobre o concurso da Caixa.

No momento, o CEF terá que resolver o imbróglio do último certame para elaborar um novo concurso.

Petrobras

A Petrobras abriu edital de concurso público em 2018 para o preenchimento de 648 oportunidades, sendo 108 para contratação imediata e 540 preenchimento na modalidade cadastro reserva. As vagas foram para Alagoinhas/BA, Araçás/BA, Camaçari/BA, Candeias/BA, Catu/BA, Entre Rios/BA, Maragogipe/BA, Salvador/BA, São Francisco do Conde/BA, São Sebastião do Passé/BA, Belo Horizonte/MG, Betim/MG, Ibirité/MG, Aracaju/SE, Carmópolis/SE, Japaratuba/SE, Laranjeiras/SE, Coari/AM, Manaus/AM, Araucária/PR, Curitiba/PR, São Mateus do Sul/PR, Canoas/RS, Osório/RS, Porto Alegre/RS, Rio Grande/RS, Macaé/RJ, Angra dos Reis/RJ, Duque de Caxias/RJ, Itaboraí/RJ, Rio de Janeiro/RJ, Seropédica/RJ, Bertioga/SP, Cubatão/SP, Guarujá/SP, Itanhaém/SP, Santos/SP, Barueri/SP, Guarulhos/SP, São Caetano do Sul/SP, São Paulo/SP, Anchieta/ES e Vitória/ES.

De acordo com o edital de concurso PETROBRAS, as vagas foram destinadas aos cargos de Enfermeiro(a) do Trabalho Júnior (30 vagas), Engenheiro(a) de Equipamentos Júnior – Elétrica (20 vagas), Engenheiro(a) de Equipamentos Júnior – Eletrônica (20 vagas), Engenheiro(a) de Equipamentos Júnior – Inspeção (15 vagas), Engenheiro(a) de Equipamentos Júnior – Mecânica (30 vagas), Engenheiro(a) de Meio Ambiente Júnior (05 vagas), Engenheiro(a) de Petróleo Júnior (55 vagas), Engenheiro(a) de Processamento Júnior (25 vagas), Engenheiro(a) de Segurança Júnior (15 vagas), Engenheiro(a) Naval Júnior (20 vagas), Geofísico(a) Júnior – Física (10 vagas), Geofísico(a) Júnior – Geologia (05 vagas), Geólogo(a) Júnior (20 vagas), Médico(a) do Trabalho Júnior (30 vagas), Químico(a) de Petróleo Júnior  (05 vagas), Técnico(a) de Administração e Controle Júnior (80 vagas), Técnico(a) de Comercialização e Logística Júnior (30 vagas), Técnico(a) de Exploração de Petróleo Júnior – Geologia (10 vagas), Técnico(a) de Inspeção de Equipamentos e Instalações Júnior (15 vagas), Técnico(a) de Logística de Transporte Júnior – Controle (15 vagas), Técnico(a) de Logística de Transporte Júnior – Operação (15 vagas), Técnico(a) de Manutenção Júnior – Instrumentação (05 vagas), Técnico(a) de Segurança Júnior (15 vagas – EXCLUÍDO), Técnico(a) de Suprimento de Bens e Serviços Júnior – Administração (50 vagas), Técnico(a) de Suprimento de Bens e Serviços Júnior – Mecânica (05 vagas) e Técnico(a) Químico de Petróleo Júnior (15 vagas).

As provas objetivas foram aplicadas no dia 08 de abril de 2018 nas cidades de Aracaju/SE, Belém/PA, Belo Horizonte/MG, Brasília/DF, Campinas/SP, Campo Grande/MS, Curitiba/PR, Florianópolis/SC, Fortaleza/CE, Goiânia/GO, João Pessoa/PB, Macaé/RJ, Maceió/AL, Manaus/AM, Mauá/SP, Natal/RN, Porto Alegre/RS, Recife/PE, Rio de Janeiro/RJ, Salvador/BA, Santos/SP, São José dos Campos/SP, São Luís/MA, São Mateus/ES, São Mateus do Sul/PR, São Paulo/SP e Vitória/ES.

A empresa ainda não informou se pretende lançar um novo concurso público em 2019.

Saulo Moreira


The following two tabs change content below.

Saulo Moreira

Editor do Site Notícias Concursos com mais de 2 mil artigos publicados.

Últimos posts de Saulo Moreira (ver tudo)





Fonte: Notícias Concursos