Criança é morta por bala perdida em Aracaju e será sepultada em Penedo

Mãe aceitou doar os órgãos do filho

Na ação criminosa, um homem identificado como Alef Gomes dos Santos, de 20 anos; e uma criança identificada como Albert Ricardo Silva Vasconcelos de Oliveira, de 9 anos, acabaram morrendo. Um terceiro homem ficou ferido e foi socorrido para uma unidade hospitalar.

O fato aconteceu por volta das 20h30 desta quarta-feira (28), em uma praça do bairro Getimana em Aracaju, quando dois homens executaram a tiros Alef Gomes dos Santos, 20, e os disparos também atingiram o menino que brincava no local. Outro homem que estava na praça e não teve o nome divulgado também saiu ferido.

De acordo com policiais, os desconhecidos teriam chegado à praça e ficaram circulando por alguns instantes, demonstrando que estavam a procura de um desafeto. Alef estava sentado em um banco e ao observar a aproximação da dupla, saiu correndo em meio as pessoas que estavam no local. Os criminosos efetuaram vários disparos. Albert foi baleado na cabeça, enquanto Alef foi alvejado e morreu nas imediações de um supermercado. Outro homem também saiu ferido. Após o duplo crime, os desconhecidos fugiram em um veículo de marca e placa ignorados.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada e prestou os primeiros socorros a criança. Devido a gravidade dos ferimentos, Albert morreu instantes depois de dar entrada no Huse.

“Ele estava em casa e saiu dizendo que ia buscar as bolas de gude para depois dormir. A criança não tinha nada haver. Meu filho é um inocente”, lamentou a dona de casa Gilvânia da Silva Santos, que autorizou a doação dos órgãos do filho. “Meu filho um anjo de luz e vai brilhar em qualquer pessoa”. O corpo de Albert foi necropsiado no Instituto Médico Legal (IML) e será sepultado na cidade alagoana de Penedo.

O caso está sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), que busca imagens de câmeras de segurança instaladas em imóveis da localidade para auxiliar na identificação dos criminosos. Quem tiver alguma informação que possa levar a identificação e prisão dos envolvidos no duplo homicídio pode repassá-la à polícia de forma anônima através do número 181.

Com informações de AJN1

Comentários