Durante quarentena, prefeita Vera Dantas concede aumento salarial aos servidores de Igreja Nova

Mesmo diante da pandemia que tem colocado a população mundial em quarentena em face das mortes causadas pelo coronavírus (Covid-19), a Câmara Municipal de se reuniu em sessão extraordinária na terça-feira, 07 de março, para apreciar e votar o Projeto de Lei do Executivo que garantiu apreciação e votação do PL que possibilitou o reajuste de vencimentos dos servidores da Educação e demais categorias.

A sessão que foi convocada para iniciar a partir das 14 horas, no entanto, precisou esperar por mais um edil que chegou após às 18 horas, dando quórum e possibilitando a votação como prevê o regimento interno da casa de leis.

O PL garantiu aumento aos ocupantes do magistério público municipal da Educação Básica, que perceberão sobre o piso recebido, reajuste na ordem de 8%, que será dividido em duas parcelas, sendo a primeira com a aplicação de junho de 2020 no percentual de 4% e a segunda parcela em dezembro no percentual de também 4%.

Já os servidores da Administração e da Saúde perceberão reajuste na ordem de 4,31% que será dividido em duas parcelas, sendo a primeira em agosto de 2020 no percentual de 1,31% e a segunda em dezembro no percentual de 3%.

Para a prefeita Verônica Dantas o momento é de preocupação, mas as ações administrativas devem continuar acontecendo contemplando a população que dispõe dos serviços essenciais no município, não sendo também esquecido o prazo legal para que fosse enviado ao legislativo o Projeto de Lei que contemplou os servidores públicos de Igreja Nova com reajuste salarial.

SECOM

Comentários